Produtividade

O simples da vida é ser objetivo.

Não existe prática sem produtividade, e produtividade sem prática.

Produtividade é algo que não se ensina e não se decora. É algo que pode ser orientado, mas obrigatoriamente deve ser realizado pelo próprio SER. Compartilharei a seguir algumas atitudes que tenho e que talvez sirvam para você. Lembre-se: essas não são regras ou fórmulas. Pode ser que todas ou nenhuma sirva para você. Leia e avalie-as.

Regra inicial básica de produtividade: não deixar nada para depois. E é realmente nada para depois, até mesmo atitudes como se levantar no meio da noite para tomar água para saciar a sede ao invés de continuar dormindo por preguiça.

Seja simples e direto: se é para iniciar algo ou resolver um problema, o importante é que seja prático, rápido e direto. Se a emoção aflorar, permita-se senti-la, mas coloque a razão para resolver e determinar a atitude produtiva.

Comece de forma invertida: surgiu um problema ou uma ideia nova? Comece a expor o que pensa de trás para a frente. Explane primeiro o problema ou necessidade e deixe a história “bonita” para depois.

Acredite nas pessoas: cada pessoa é produtiva de uma forma, mas sincronizar produtividade para um propósito em time é um dos desafios mais difíceis que tenho. Por isso, é importante começar de forma invertida, já que cada pessoa possui um tempo de foco e atenção pessoal.

Seja objetivo: ser simples e direto já diz o que é ser objetivo. Mas para reforçar, uma pessoa tem comprovadamente poucos minutos de atenção e foco, ou seja, seja objetivo.

Procure diversão e aprendizado na obrigação: o percentual de atividades que fazemos somente por necessidade é enorme. Fazer somente aquilo que amamos é muito bonito no papel, mas na prática a situação é diferente. Porém, isso não pode nos limitar em sentir o prazer pelo que se faz.

Determine prazos: até a vida possui prazo final, só não sabemos qual. Para todo o resto é possível planejar e definir prazos. O tempo é a joia mais preciosa que existe, então, não enrole, não desperdice e faça o que tem que ser feito o mais rápido possível.

Faça mais de uma atividade por vez – paralelize tudo que for possível: faça sempre atividades pensando em como paralelizar outras atividades e aproveitar o tempo. Confesso que nós, homens, somos muito diferentes das mulheres nesta qualidade produtiva. Elas já nascem com a capacidade de executar várias atividades ao mesmo tempo. Para vencer isso, eu particularmente tenho uma prática interessante em fazer uma competição mental de paralelismo entre quaisquer atividades.

Por fim, a produtividade nada mais é que fazer na hora o que precisa ser feito, de forma simples, rápida e direta. Não há produtividade sem planejamento, criatividade e disciplina, e no livro SER falo escrevo sobre estes temas e como eles se juntam para formar um SER mais produtivo.

Vamos em frente, pois o tempo não espera a produtividade!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: