CARTA PARA MEU SER AOS 40 ANOS

“A vida começa aos 40”, já dizia WB Pitkin

18.11.2021 – 40 anos – Não apenas um número e sim um marco para o meu SER.

Quando criança não imaginava chegar até aqui, imaginava que os quarentões já eram velhos. Mas é fato que a realidade de uns anos para cá mudou com o aumento da expectativa de vida.

Sempre tentei planejar minha jornada, enxergar alguns passos à frente, mesmo não querendo saber o tamanho dos desafios e somente focado nas missões. Aos 20 anos, consideramos muito o pensamento dos outros, mas aos 40 sabemos que nem todo mundo pensa em nós. Aprendemos muito na jornada de tolo a sábio. E essa é uma lição muito importante para a jornada dos próximos 20 anos a partir daqui.

A conquista do mundo não é tão mais importante, mas é preciso continuar sonhando e abrindo caminhos com sabedoria – SER, FAZER, DOAR. Aprendi que pessoas entram e saem, e algumas tornam-se descartáveis. Aprendi que o tempo de convivência não faz diferença, e sim o que é sentido no coração. Que pensamentos mudam, mas princípios devem ser mantidos. Que a razão aparece durante as tomadas de decisões, mesmo que tragam dor. Que é preciso dar importância às pessoas que realmente importam, e trabalhar dia a dia no entendimento do SER do qual carrego.

Tenho percebido que o sorriso sai mais fácil, mesmo que o SER lute contra a seriedade que carrega. Afinal, não é preciso provar mais nada para ninguém. Aliás, quando precisou?

Que o lado rabugento quer aparecer, e que é preciso vencê-lo diariamente.

É hora de acelerar para um propósito maior (já planejado) que simplesmente a existência do SER. Apesar de chegar até aqui com profissão, carreira, e um lado multidisciplinar, é hora de não deixar o SER se sentir vazio e angustiado. É hora de não ter receios, de colocar a coragem acima de qualquer medo. É hora de continuar os desafios atuais, mas procurar outros e curtir a jornada durante as novas conquistas. É hora de desfrutar ainda mais dos picos de felicidade, principalmente os mais simples.

E mesmo que meus joelhos doam, farei as jornadas, pois SER VIVO é maior que qualquer dor.

Afinal, a ideia é morrer jovem o mais velho possível!

Happy Birthday Fernando Parreiras, aproveite o SER que Deus lhe concedeu. Acredite e mantenha-se com energia, inspirado e inspirando, pois, só assim toda e qualquer jornada valerá a pena.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: