A vida que não é do ser, viva a própria vida.

Tem gente que anda tão preocupado em se mostrar bem e agradar, que acaba se perdendo de si mesmo. Quando a pessoa se deixa seduzir pelas tentações do ego e da vaidade, acaba entregando a vida para uma viagem só de ida. Só na tela.

Os perfis são tão perfeitos, as pessoas tão alegres, as fotos tão bonitas, as comidas tão gostosas, as selfies mais incríveis, as festas mais chiques, os amigos tão sorridentes, as famílias tão impecáveis, empregos poderosos, romances maravilhosos, viagens inesquecíveis, as roupas mais caras (nem sempre originais): A melhor vida possível! Depois desse prazer dos diversos likes, essas ações viciam e tendem a se repetir.

Quando tudo isso é verdadeiro e realmente vivemos e temos essa vida, é bom demais expor as conquistas.

Ostentar sucesso e trabalhar o marketing pessoal, pode fazer parte, saudavelmente, do dia a dia do vaidoso. Quando é sem muitos exageros, melhor ainda. O perigo é quando muita parte do que é exibido não é real, é montado, disfarçado, é fake. Existe o risco de ser descoberto e o castelo cair, o prazer pode virar dor, a luxúria pode virar amargura, aplausos viram vaias, beleza vira vergonha e sorrisos viram choro.

É complicado pensar que atualmente os níveis de felicidade, realização e sucesso das pessoas são calculados pelo número de likes e coraçõezinhos em seu perfil. Cliques esses, muitas vezes feitos por pessoas que nem se conhecem.

Fica mais difícil saber que isso também nos atinge. Essa falsa prosperidade que muitas vezes encontramos na vida dos outros, nós tentamos concretizar na vida da gente também e nem sempre conseguimos já que é uma FALSA PROSPERIDADE. Então, isso fica inalcançável!

No “início” das redes sociais eram mudanças de imagem, mas isso isso só não basta, é preciso mostrar outra vida. Na verdade, há casos em que a diferença de imagem e da vida da pessoa entre o real e a mostrada na tela do computador é tão grande, que, na grande parte das vezes, é algo inacreditável. Nem sempre é o que parece, por vezes as pessoas estão prestes a cair num precipício, mas querem que todos pensem o contrário. A busca doentia por “likes” transforma fulanos e fulanas em reféns de suas próprias mentiras.

Temos que cuidar do nosso coração, dos nossos propósitos e não deixar que a postagem dos outros se torne uma provocação do qual é preciso se mostrar melhor. Não precisamos mudar nosso jeito e esconder nossas verdades para caber no mundo, isso não nos deixará mais feliz, nem mais aceito, nem mais bonito ou mais sucedido.

Quando nos mostramos grande em cima de algo que não construímos ou não é nosso, a queda e a amargura é certa e dolorosa, pois sua pequenez será exposta um dia e somente você estará lá para receber a dor.

Não existe quem não precise de melhorias, sempre deve haver uma inspiração que nos guie aos acertos, sempre é necessário ter um exemplo, ter alguém em se espelhar, mas é preciso repelir os erros e o mais importante é preciso aceitar quem somos.

Se a gente tiver um coração do bem, ele se abre e cria espaço para receber energia positiva e somente um coração cheio de alegria e verdades pode fazer uma alma repleta de felicidade.

Então sejamos felizes, sejamos quem somos.
O feio de aparência, mas verdadeiro de atitudes tem o poder de conquistar alguém por aquilo que é, e não aquilo que tem. E essa vitória pode ser somente nossa!

Enjoy!

Anúncios

Sobre Fernando Luis Parreiras

Bacharel em Desenho Industrial e Bacharel em Administração de empresas. Possui Pós Graduação em Gestão de Projetos e Inovação, MBA Executivo e Mestre na área de Tecnologia. Formações pela UEMG (Universidade do Estado de Minas Gerais), Newton Paiva, BI International, Stanford University e Penn State. Mais de 18 anos de experiência atuante no mercado de Tecnologia, Projetos e Inovação. Praticante e disciplinado em um estilo de vida saudável e esportista com formação como faixa-preta em JIU-JITSU e TAE KWON DO.
Esse post foi publicado em Motivação, Pessoal e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A vida que não é do ser, viva a própria vida.

  1. Life Style disse:

    Muito Bom!!
    Aguardo a sua visita e comentários 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.