O mundo precisa de “descontrole”

IMG_9353.JPGQuem nunca se pegou pensando em “o que o mundo precisa?” ou o famoso “Brasil que eu quero?”, bem acredito que ao menos quem está lendo este texto. Bem, nas minhas “vaganças” de pensamentos e análises do mundo atual tenho visto a necessidade de DESCONTROLE.

Acredito que precisamos de mais descontrole, de Gente “descontrolada”!

Gente “descontrolada” é gente feliz, alegre, pra cima, que tem sempre uma palavra de otimismo e uma boa gargalhada a oferecer, mesmo em situações que geram preocupação e pessimismo.

São pessoas espontâneas e verdadeiras, que não têm medo de expor o que sentem, tão pouco expor limites e pontos de vista de sua própria opinião. São pessoas que não estão preocupadas em tentar agradar a todos, embora exalem carisma e gentileza. Não mostram o que não tem, não possuem visão cobiçada, não se importam em ser mais feliz que outro, pois ele em si já atingiu o que se entendeu e definiu como sua felicidade.

Gente “descontrolada” é gente divertida, que está sempre de bem com a vida, mesmo conseguindo com um grito despertar risos e sustos em pessoas próximas. Mesmo nos momentos de tristeza, elas se agarram ao otimismo dentro de si, pois sabem que tudo passa… tudo passa… e entenderam e praticam “que hoje será melhor que ontem”.

Gente “descontrolada” é gente que vive, que não espera os finais de semana para vestir roupas leves, que não espera passar a chuva para sair com o cachorro, que não espera data específica para beber um bom vinho ou usar a roupa mais bonita do guarda-roupa. Há e não esperam abraçar e serem abraçados, não esperam chorar em morte o que se pode chorar em vida. Afinal, chore de alegria com aqueles que você ainda tem próximo, não chore pela falta deles.

Elas não esperam as ocasiões especiais, elas fazem de todas as ocasiões especiais, e procuram fazer dias normais dias especiais, pois entenderam e praticam “que amanhã poderá não ser um hoje”.

Gente “descontrolada” é gente que saboreia um simples lanche, um pequeno almoço, ou um vasto banquete, mesmo em um almoço de 15 minutos, e que consegue parar para sentir o aroma do café ao invés de apenas ingerir cafeína para manter-se de pé.

Gente “descontrolada” conversa sozinha, conversa com o cachorro, dá bom dia a planta, sorri para o catador de papel. Há, em silêncio ou em voz alta está cantando e sempre rindo de si mesma. É gente que não se importa com defeitos nem com decepções, apenas com os aprendizados retirados de todas as experiências.

Gente “descontrolada” troca a reclamação pela gratidão por tudo o que há na vida.

Gente “descontrolada” é gente sincera, que aposta na verdade, em quem podemos confiar e confidenciar o que há de mais íntimo, pois temos certeza que elas não farão a “doideira” de espalhar por aí.

Gente “descontrolada” briga com o próximo, pois o próximo mesmo é seu melhor amigo e será sempre guardado no coração. É gente que se importa com o próximo.

Gente “descontrolada” fecha a cara quando as coisas estão erradas, dá esporro, mas pede desculpas quando ultrapassa os limites do respeito e se retorna sábio novamente. Afinal, gente “descontrolada” erra!

Gente “descontrolada” não é perversa, como muitos costumam confundir. Gente perversa é gente maldosa, incapaz de sentir empatia, e que se faz de louca para, na verdade, causar transtornos psicológicos aos que estão ao seu redor.

Por fim, gente “descontrolada” é gente doida, e gente doida é gente que está entendendo o motivo de VIVER cada dia, e um simples olhar para o céu lhe desperta uma simples palavra: GRATIDÃO!

 

Anúncios

Sobre Fernando Luis Parreiras

Profissional com atuação em gestão de tecnologias e inovações, acumula experiência de mais de 18 anos executando, entregando e gerindo projetos com times de gênios em tecnologias e inovações disruptivas. Mestre em Empreendedorismo e inovação, formado em Desenho Industrial e Administração de empresas, possui especializações em Projetos, Inovação, Empreendedorismo, gamification, gestão executiva e de pessoas. Atuou em grandes empresas e projetos de alta complexidade, é entusiasta e praticante formado faixa preta em esportes de lutas e evangelizador de uma vida saudável.
Esse post foi publicado em Motivação, Pessoal, Saúde e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.