Profissões do Futuro: Gestor da Experiência do cliente (CX)

Profissões do Futuro

O que esse(a) profissional faz?gestao-da-experiencia-do-cliente-15-dicas-para-implantacao-1.jpg

Atualmente essa profissão já é uma grande tendência. A transformação digital é um passo necessário para a humanidade, e desta forma um Gestor de Experiência do cliente irá aproximar tecnologia + Inovação + Necessidade + Práticas de uso.

Embora líders reconheçam que o cliente seja o principal impulsionador para a mudança, menos de 40% das empresas alinham suas estratégias e equipes para colocá-lo na vanguarda de suas atividades. (Cognizant)

Em junto de 2018, a Cognizant contratou a FORRESTER CONSULTING para testar a hipótese de que a transformação digital será mais bem-sucedida quando abrange TODOS os pontos de contato com o cliente. Conexão perfeita entre front-office e back-office.

Dentre alguns campos de atuação do profissional de Gestão de CX destaco:

  • Construtor de jornada de Realidade Aumentada (AR)
  • Gestor(a) vendas
  • Estrategista de Mídias Sociais
  • UI / UX Designer
  • Fashion Designer

O que faz um Gestor de CX?

  1. A mudança cultural é uma prioridade, focando na eliminação de silos na empresa.
  2. Foca em melhorias operacionais que os clientes mais valorizam. Usa mapas de jornada deles pra identificar os mais importantes impactos na CX.
  3. Mapeia as interações do cliente em todos os pontos de contato para otimizar o fluxo de comunicação
  4. Investe na qualidade de dados e em soluções de autoatendimento. Usa IA, automação e IoT.

gestao-da-experiencia-do-cliente-15-dicas-para-implantacao-1.jpg

Anúncios
Publicado em Futurismo, Gestão, Inovação, Profissional, Transformação Digital | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Profissões: Criação e Gestão de Comunidades Físicas

Profissões do Futuro

O que esse(a) profissional faz?

Hoje, mais da metade dos seres humanos vivem em cidades. Esse número deve aumentar em 70% até 2050. Padrões insustentáveis de consumo, degradação ambiente e desigualdade são alguns dos problemas das cidades Modernas de acordo com o FORUM ECONÔMICO MUNDIAL.

Megaprojetos corporativos privados, tendem a eliminar os espaços de interação entre as pessoas, desurbanizando os espaços urbanos, já diz SASKIA SASSEN.

A profissão voltada para gestão de comunidades físicas é muito além dos administradores atuais considerados prefeitos ou afins. Terá que ser uma pessoa altamente capacitada, com visão futura a longo prazo e principalmente de sustentabilidade.

Dentre algumas caratetísticas, destaco:

  • Trabalha buscando reconstruir sistemas urbanas com lógicas mais urbanas.
  • Facilita a criação do espaço e do sujeito urbano.
  • Busca encontrar soluções para o problema de habitação com alta concentração em pequenas localidades, mantendo o bem estar, a saúde do ser e do ambiente.
  • Ajuda a criar soluções para a mobilidade urbana.
  • Conecta diferentes stakeholders para potencializar e ampliar o impacto de ações que promovam a sustentabilidade nas cidades.

 

 

Publicado em Futurismo, Inovação, Profissional | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Desafios das Startups dentro das corporações

Start-up ConceptAs corporações devem compreender que as Startups são empresas que geralmente são muito pequenas e enjaulá-las no dia a dia burocrático das grandes empresas, convocando-as para reuniões quase que diárias, simplesmente vai matar a Startup.

As corporações também devem se aproximar com o “mindset” aberto, procurando ajudar, mas também querendo aprender com as Startups. Alguns lembretes para as corporações, que podem fazer diferença:

a) Interação com startups deve ser estratégico para o negócio e, portanto, o patrocinador tem que ser um executivo de alto nível da corporação, como o CEO ou diretamente um acionista.

b) Tenha o acionista ou CEO como seu principal alvo, escute-o mas discuta com ele. Trabalhe para que ele entenda que está tratando um novo negócio, que precisa ter a mente aberta e você e o time não pode ter medo de expor suas opiniões.

c) Tenha objetivos estratégicos bem definidos e mude rotas de forma rápida quando necessário, inclusive “quebrando regras e processos” no meio do caminho visando agilidade.

d) Monte um time técnico de forma gradativa, escolha uma base de Seniores e Estagiários. Em resumo tenha o máximo da experiência e o máximo da dedicação e terá um bom equilíbrio.

e) Tenha um processo de identificação, seleção e gestão da interação com as startups. Não deixe solto.

f) Crie uma “control tower” para operar a gestão, as ideias e a interação com o ecossistema de startups, possíveis clientes e investidores.

g) Tenha budget apropriado para executar as estratégias definidas. Ter a ideia não resolve se não existir investimento.

h) Coloque as pessoas certas em cada modelo de interação com as startups. Dependendo do tipo de startup e objetivo da empresa, estas pessoas serão de diferentes skills.

i) Tenha parceiros estratégicos, principalmente alguns que trabalham em modelo de startups que servirão de modelo e exemplo para o seu time interno e também para a corporação do qual sua startup faz parte.

j) Elimine a burocracia nas interações com startups. Não as engaiole dentro dos processos burocráticos da sua empresa.

k) Tenha um produto rápido, mostre aos investidores, avalie mudanças de rotas e comece a atuar no mercado, mesmo que ainda não tenha o melhor produto. Afinal, o que é melhor produto?

Bom, é isso!

Enjoy.

Publicado em Futurismo, Inovação, Profissional | Marcado com , | Deixe um comentário

Profissões: Curador de memórias pessoais

Profissões do Futuro

O que esse(a) profissional faz?

maxresdefaultAs pessoas estão vivendo mais, no entanto, o processo de envelhecimento ainda leva às doenças neurodegenerativas que afetam o cérebro, ocasionando, dentre outros sintomas, a perda da memória.

O Curador de memórias pessoais ajuda a combater a perda de memória fazendo uma curadoria das melhores lembranças, mantendo apenas o necessário e o agradável ao cérebro.

Utilizando tecnologias como VR (Realidade Virtual) e AR (Realidade Aumentada), são criadas experiências que combinam ambientes multiprojetados com imagens realistas, sons e outras sensações que simulam a presença da pessoa em um tempo ou ambiente familiar específico. Exemplo, a casa em que a pessoa passou a infância.

Os fãs, assim como eu, de BLACK MIRROR irão reconhecer este conceito no episódio San Jupinero.

curadoria

 

A curadoria envolve pesquisas em feeds de redes sociais do paciente, fotos e fontes históricas para embasar a equipe de realidade virtual para que este projete e recrie os cenários e as experiências.

Fontes: Future of the things and Cognizant
Publicado em Computação cognitiva, Futurismo, Inovação, Profissional, Realidades Virtual e Aumentada, Transformação Digital, Transumanismo | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

STARTUP SHOW! uma ideia para expor várias ideias.

startupshowO Sebrae Nacional nos diz que cinco de cada dez jovens universitários querem montar o próprio negócio após concluir a faculdade. 70% desses empreendedores decidem seguir esse caminho não por necessidade, mas por desejo.

No Campus Party Brasil, a maioria dos jovens que estudam ou trabalham com tecnologia têm de duas a três ideias que consideram promissoras e 40% deles querem abrir um negócio próprio nos próximos dois anos.

Uma geração disposta a seguir seus sonhos, a investir seu tempo, a trabalhar em novas ideias e a transformar o mundo. No Brasil existem mais de 10.000 empresas nascentes que movimentam mais de 2 bilhões de reais. O que todas elas têm em comum? Otimismo, autoconfiança, coragem para aceitar os riscos e desejo de protagonismo.

Startup Show nasce neste cenário, baseado na crença de que é fundamental preencher o vazio do ecossistema empreendedor, construindo pontes entre seus diversos atores. Academia, Investidores (angels, venture capitals, instituições de fomento e crowdfoundings), Público, Empreendedores e Mentores (sejam os mesmos digitais ou não)

Utilizando conceitos de reality tv, interatividade e gamificação, o Startup Show cria uma disputa saudável entre startups, oferecendo prêmios para transformar os projetos em realidade.

Aqui mesmo, neste portal, os participantes podem inscrever suas ideias. Eles irão preencher os dados necessários, enviar um minidoc (vídeo) contando um pouco da sua história e da sua ideia e já poderão solicitar gratuitamente uma análise que utiliza IBM Watson.

As propostas serão analisadas por um corpo técnico e os aprovados irão enviar seus pítchs de, no máximo, dois minutos de duração, também em vídeo. Ao final dessa etapa, teremos os 27 participantes, divididos em 9 grupos de 3.

Estas 27 empresas serão acompanhadas e avaliadas por grandes nomes do mundo empresarial, em programas que ficarão disponíveis online, aqui mesmo no portal na aba (Episódios) e no nosso Canal no YouTube. Os jurados e público então escolherão a melhor entre as 3 concorrentes de cada grupo (episódio semanal), até chegarmos a uma semifinal com 9 concorrentes e, por último, a grande final com as 3 melhores colocadas na avaliação geral (jurados e público).

Os prêmios da grande finalista incluem uma viagem com passagem, hospedagem e receptivo para uma imersão em um dos ecossistemas mais “energizados” do mundo, além de uma boa quantidade de horas de mentoria com especialistas que integraram o nosso corpo de especialistas, jurados, apoiadores e patrocinadores. Isso tudo para que a grande vencedora tenha a oportunidade de conhecer o ecossistema, validar e, quem sabe, “vender” sua ideia, além de oxigenar os pensamentos.

Seja bem-vindo ao Startup Show. Entretenimento, conhecimento e um grande impulso para o empreendedorismo nacional.

https://startupshow.com.br/ 

Publicado em Futurismo, Inovação, Profissional | Marcado com , , , | Deixe um comentário